Dia do abraço.
Mai22

Dia do abraço.

No dia do abraço o Centro de Auxilio as Pessoas com Câncer,  deseja a você um forte...

Leia Mais
Nutrição
Out10

Nutrição

Esse espaço conta com uma série de dicas e orientações nutricionais que poderão lhe ajudar durante o tratamento.  A nutrição é um aspecto importante a ser levado em conta não só na prevenção do câncer, mas também no tratamento dos pacientes com câncer. Uma alimentação saudável ajuda na sua qualidade de vida e alivia os sintomas que determinados tratamentos causam em pacientes com câncer. Hábitos alimentares mais saudáveis garantem a diminuição de problemas que costumam aparecer em pacientes em tratamento do câncer e funcionam como preventivos contra várias...

Leia Mais
Psico-Oncologia
Out09

Psico-Oncologia

Cada vez mais está provado que um bom suporte psicológico ajuda muito na recuperação de um paciente de câncer. O câncer é um conjunto de variadas patologias, por isso cada tipo de câncer pode trazer demandas específicas a cada indivíduo. As pessoas que recebem um diagnóstico de câncer, passam por vários níveis de estresse. As mudanças físicas e psíquicas, as alterações no estilo de vida e as preocupações financeiras são aspectos que costumam preocupar qualquer pessoa com câncer. É aí que entra a necessidade de um apoio psicológico adequado. Sabemos que a tristeza e a angústia são reações normais quando recebemos um diagnóstico de câncer. Não só os pacientes com câncer, mas também seus familiares experimentaram diferentes níveis de estresse e de perturbação emocional. O importante é encontrar caminhos que nos levem a enfrentar o problema da melhor maneira possível, isto é, com segurança, confiança, vontade de vencer, paciência, enfim, uma série de necessidades que podem ser supridas quando contamos com um apoio psicológico adequado. Reservamos este espaço especial do Oncoguia para trazer a você alguns artigos interessantes escritos por psicólogos, psicanalistas, psicoterapeutas; falamos sobre grupos de apoio, locais que prestam atendimento psicológico e fazemos algumas abordagens psicológicas, dentre elas a musicoterapia, arteterapia, a importância da Psico-oncologia e outros...

Leia Mais
Medicina Complementar
Out09

Medicina Complementar

O câncer é uma doença que afeta diferentes aspectos do ser humano e, por isso, seu enfrentamento engloba diversas formas de tratamento. Existem os tratamentos que são considerados essenciais para tentar “eliminar” a célula doente e bloquear a sua reprodução. Entre eles temos a quimioterapia, radioterapia e cirurgia, por exemplo. São procedimentos que têm como grande finalidade interromper a progressão da doença e, portanto, cuidam da integridade física do paciente. O diagnóstico do câncer, porém, não afeta apenas o físico de uma pessoa, mas também causa impactos sobre os aspectos emocional e espiritual. As emoções de um paciente com câncer tendem a ser muito fortes e sentimentos como medo, desespero ou insegurança não são incomuns. É preciso cuidar também da integridade emocional e, para isso, existem os tratamentos que integram a “Medicina Complementar” e ajudam o paciente a enfrentar os desgastes emocionais gerados pelo diagnóstico da doença e pelos tratamentos como a quimioterapia ou radioterapia. Manter-se tranquilo pode ser extremamente benéfico para alcançar bons resultados no tratamento do câncer. Meditar, por exemplo, é uma atividade que ajuda o paciente a entrar em contato consigo e com suas questões mais íntimas, o que pode ajudá-lo a achar respostas para seus medos e dúvidas. A acupuntura também é um método adotado por pacientes; além de melhorar a função dos órgãos, ajuda o paciente a equilibrar as...

Leia Mais
Odontologia
Out09

Odontologia

Você sabia que é muito importante realizar uma avaliação dentária antes de iniciar o tratamento do câncer? Os pacientes que se submeterão a tratamento contra o câncer como, por exemplo,  quimioterapia ou radioterapia, devem visitar antecipadamente o dentista a fim de eliminar possíveis focos de infecção prevenindo complicações durante o tratamento. Neste setor você encontrará mais informações a respeito da odontologia e de que forma o seu dentista poderá lhe ajudar durante o seu tratamento. Convém ressaltar que, além das consultas regulares, é importante que você fale com seu dentista caso perceba qualquer coisa diferente em sua boca como, por exemplo, feridas na boca, inchaço, caroço na bochecha, enfim qualquer...

Leia Mais
Fonoaudiologia
Out09

Fonoaudiologia

O fonoaudiólogo é o profissional habilitado para avaliação e reabilitação dos distúrbios de fala, audição, voz, deglutição e motricidade orofacial, decorrentes do tratamento do câncer. A maior demanda se dá nos casos de câncer de cabeça e pescoço, pois este pode envolver estruturas importantes como lábios, língua, bochechas, palato, faringe e laringe. O impacto sobre o funcionamento desses órgãos varia dependendo da extensão da cirurgia, do tipo de reconstrução realizada e da combinação com o tratamento radioterápico e quimioterápico. Para os pacientes oncológicos de cabeça e pescoço, o atendimento fonoaudiológico se dá desde o atendimento pré-operatório onde o paciente é informado sobre as possíveis sequelas da cirurgia indicada e sobre o seguimento do tratamento fonoaudiológico e no pós-operatório para reabilitação da fala, voz, audição, deglutição e motricidade orofacial. A seguir estão descritas algumas situações nas quais a presença do fonoaudiólogo é muito importante: Fonoaudiologia x Cirurgias  Nos casos das cirurgias envolvendo os lábios e as bochechas o principal impacto se dá sobre a fala e sobre a contenção dos alimentos em cavidade oral durante a alimentação. Nos casos das cirurgias envolvendo a língua pode haver prejuízo tanto da fala como da deglutição, dependendo da extensão da ressecção cirúrgica, que pode ser parcial ou total. Nos casos das cirurgias de palato (céu da boca) pode haver alteração vocal e também da deglutição. Nos casos das cirurgias de faringe pode ocorrer prejuízo principalmente na função de deglutição, devido à dificuldade da passagem do alimento em direção ao esôfago. Nos casos das cirurgias de laringe (local onde estão as cordas vocais) pode haver impacto sobre a voz, sobre a deglutição ou ambas, dependendo do tipo de cirurgia realizada e de sua extensão. O tratamento cirúrgico dos tumores cardiovasculares, neurológicos, de tireóide, tórax, mama e esôfago pode afetar o funcionamento das cordas vocais e consequentemente a voz e a deglutição, na medida em que pode haver lesão da inervação das cordas vocais comprometendo seu funcionamento. As cordas vocais são responsáveis tanto pela produção da voz quanto pela proteção contra a entrada de alimentos e saliva na via respiratória, pois as mesmas se fecham no momento em que engolimos evitando engasgos. Os tumores do sistema nervoso central também podem ter impacto sobre o funcionamento dos órgãos fonoarticulatórios dependendo da região afetada pelo tumor. Os tumores da glândula parótida podem ocasionar diminuição ou ausência das expressões faciais, uma vez que por esta glândula passa um ramo do nervo facial responsável pela movimentação dos músculos da face. Fonoaudiologia x Radioterapia e Quimioterapia A radioterapia nos casos de câncer de cabeça e pescoço pode ocasionar a diminuição ou mesmo ausência da produção de saliva, prejudicando consideravelmente a deglutição e às vezes até mesmo a...

Leia Mais
Página 1 de 212