Instituto Nacional de Câncer alerta para excesso de uso de agrotóxicos no Brasil
Abr10

Instituto Nacional de Câncer alerta para excesso de uso de agrotóxicos no Brasil

Segundo documento da instituição, país é o maior consumidor mundial de pesticidas O Instituto Nacional de Câncer (Inca) divulgou nesta quarta-feira documento em que se posiciona contra “as práticas de uso de agrotóxicos no Brasil” e ressalta os riscos à saúde do uso desses produtos químicos. A intenção é fortalecer a regulação e controle dessas substâncias e incentivar a agricultura orgânica. O documento chama a atenção para o fato de o Brasil ser, desde 2009, o maior consumidor mundial de agrotóxicos, com consumo médio mensal de 5,2 quilos de veneno agrícola por habitante. A venda de agrotóxicos no País passou de US$ 2 bilhões para US$ 8,5 bilhões entre 2001 e 2011. “É importante destacar que a liberação do uso de sementes transgênicas no Brasil foi uma das responsáveis por colocar o País no primeiro lugar do ranking de consumo de agrotóxicos, uma vez que o cultivo dessas sementes modificadas exigem o uso de grandes quantidades desses produtos”, diz o texto. As intoxicações agudas por agrotóxicos atingem os trabalhadores rurais, que sofrem com irritação da pele e olhos, cólicas, diarreias, dificuldades respiratórias, convulsões e morte. — Há uma subnotificação da intoxicação aguda porque nos serviços de saúde muitas vezes os sintomas são confundidos com uma virose. Em 2013, houve 5.500 casos registrados. A Organização Mundial de Saúde estima que, para cada caso notificado, outros 50 não foram comunicados — afirma Márcia Sarpa de Campos Mello, da Unidade Técnica de Exposição Ocupacional e Ambiental do Inca. Os agrotóxicos também provocam efeitos por conta da exposição crônica às substâncias químicas, como infertilidade, impotência, abortos, malformações e câncer, informa o documento. “Vale ressaltar que a presença de resíduos de agrotóxicos não ocorre apenas em alimentos in natura, mas também em muitos produtos alimentícios processados pela indústria, como biscoitos, salgadinhos, pães, cereais matinais, lasanhas e outros que têm como ingredientes o trigo, o milho e a soja”, diz o texto. Já o nutricionista do Inca, Fabio Gomes, lembra que “a preocupação com agrotóxicos não pode significar a redução do consumo de frutas, legumes e verduras”. — São fundamentais em uma alimentação saudável e de grande importância na prevenção do câncer — declara. *Estadão...

Leia Mais
Dia Mundial da Saúde – 7 de abril
Abr07

Dia Mundial da Saúde – 7 de abril

Brasília, 07 de abril – Em 2015 a Organização Mundial da Saúde (OMS) elegeu o tema “Do campo à mesa, obtendo alimentos seguros” para as comemorações desta data.  A boa nutrição é um fator determinante para a garantia da boa saúde. Desde o nascimento, o homem necessita de alimentos para sua sobrevivência. A qualidade dos alimentos que consumimos é um fator importante. A região das Américas conta com cerca de 953 milhões de habitantes e garantir alimentos seguros a toda esta população é um desafio para todos os países da região. O acesso a quantidades suficientes de alimentos seguros e nutritivos é fundamental para a manutenção da vida e promoção da saúde. A segurança alimentar e a boa nutrição são indissociáveis. O consumo inadequado de determinados tipos de alimentos ou ingredientes, como excesso de sal, açúcar e gorduras podem levar a ocorrência de algumas doenças crônicas, como o diabetes e a hipertensão. Paralelamente, a prática de atividades físicas também é essencial para a saúde de qualquer indivíduo. Por esses motivos, a OPAS/OMS no Brasil ampliou o tema e celebra o Dia Mundial da Saúde incentivando a o consumo de alimentos seguros, a alimentação saudável e a prática de atividades físicas juntos. Alimentos não seguros geram um ciclo vicioso de doença e desnutrição que afetam particularmente os mais vulneráveis (crianças, idosos e doentes). Os alimentos saudáveis são a chave para uma boa saúde, por outro lado, os alimentos não seguros contendo bactérias, vírus, parasitas ou substâncias químicas prejudiciais à saúde são a causa mais de 200 doenças – que vão desde diarreia ao câncer. Doenças diarreicas matam cerca de 2 milhões de pessoas por ano, incluindo muitas crianças. Essas doenças prejudicam a produtividade, sobrecarregam o sistema de saúde pública e reduz os ganhos econômicos, impedem o desenvolvimento socioeconômico, prejudicando as economias nacionais, turismo e comércio. A urbanização e as mudanças nos hábitos de consumo têm aumentado o número de pessoas que compram e comem alimentos preparados em locais públicos. A globalização tem provocado crescente demanda dos consumidores por uma ampla variedade de alimentos, resultando em uma cadeia global cada vez mais complexo e mais alimentos. Com a globalização, as viagens e o crescimento do comércio internacional de alimentos, as doenças transmitidas por alimentos podem atravessar as fronteiras nacionais a afetar rapidamente vários países, representando um risco cada vez maior de transmissão de doenças. Exemplos incluem contaminação de fórmula infantil, surtos de Escherichia coliligadas a carnes contaminadas e legumes, uso indiscriminado de agrotóxicos, entre outros. Os governos devem eleger a segurança alimentar uma prioridade de saúde pública, uma vez que desempenham um papel fundamental no desenvolvimento de políticas e marcos regulatórios,...

Leia Mais
Descoberta vacina que melhora a resposta imunológica ao câncer
Abr06

Descoberta vacina que melhora a resposta imunológica ao câncer

Imunização faz com que células reconheçam melhor substâncias do tumor. Vacina foi testada em três pacientes e resultados saíram na ‘Science’. Uma nova vacina melhora a resposta imunológica ao câncer a partir do uso de proteínas alteradas do tumor do paciente, uma fórmula que poderia dar bons resultados para o melanoma e os cânceres de pulmão, bexiga e cólon, segundo um estudo que publica nesta quinta-feira (2) na revista “Science”. “As vacinas contra o câncer costumam ser generalizadas. Esta é uma das primeiras personalizadas. As generalizadas usam proteínas normais sem alteração, por isso a resposta imune não é muito forte”, explicou à Agência EFE a principal pesquisadora do estudo, a venezuelana Beatriz Carreño. “Em nossa vacina usamos proteínas alteradas do paciente com tumor e foi comprovado que provocam uma maior reação nas células T, ao multiplicar em número e frequência sua capacidade de reconhecer substâncias isoladas dos tumores”, acrescentou a pesquisadora. As células T são um tipo de célula imunológica cuja função é reconhecer substâncias estranhas na superfície de outras células e matá-las. Para isso, produzem substâncias solúveis que têm efeitos sobre tumores e células infectadas com vírus. Para elaborar a vacina descrita na “Science”, foram usadas células dendríticas junto a proteínas alteradas do tumor do paciente. Visto que as células dendríticas “não são muito abundantes”, os pesquisadores isolaram precursores e as geraram no laboratório. “O uso de proteínas alteradas demonstrou ter uma maior capacidade para ativar o sistema imune. Porque quando as proteínas são normais, não são realmente substâncias estranhas e, portanto, a resposta imune não é muito forte”, explicou Carreño. Pulmão, bexiga, cólon e melanoma Os pesquisadores consideram que uma vacina deste tipo funcionaria bem para pacientes com cânceres que têm um alto componente imunológico e de mutações, como os de pulmão, bexiga, cólon e o melanoma. “Quanto maior o número de mutações, encontramos mais proteínas alteradas que podemos usar para ativar o sistema imune”, disse a pesquisadora da Washington University School of Medicine, em Saint Louis, no estado do Missouri. A vacina deste estudo foi testada em três pacientes por enquanto. “Estamos falando de uma nova maneira de atacar o câncer, com a informação genômica dos tumores. Usamos as alterações no tumor para acelerar o sistema imune”, assinalou Carreño. Os pesquisadores defendem portanto que a descoberta pode representar um grande impulso no avanço da imunoterapia do câncer, ou seja, as estratégias voltadas a ativar os sistemas imunológicos dos pacientes contra seus tumores. Além disso, eles sustentam que com esta vacina se dá mais um passo rumo a uma imunoterapia do câncer mais personalizada. Fonte: Bem...

Leia Mais
‘Quarentões’ ativos têm risco de câncer reduzido até pela metade, diz estudo
Abr02

‘Quarentões’ ativos têm risco de câncer reduzido até pela metade, diz estudo

Pesquisa americana descobriu que alto nível de atividade física na meia-idade reduziu risco de câncer de pulmão em 55%. Homens “quarentões” em boa forma física têm menos chances de desenvolver cânceres de pulmão e colorretal. É o que sugere um estudo publicado pela revista médica especializada “JAMA Oncology”. s pesquisadores da Universidade de Vermont, nos Estados Unidos, também sugerem que a combinação de boa alimentação e bom nível de atividade física aumenta as chances de sobrevivência para homens em boa forma no caso de eles serem diagnosticados com a doença. E alertam ainda que mesmo pequenas melhorias na rotina de exercícios já podem diminuir os riscos de câncer. Ainda que exercício e alimentação balanceada sejam medidas já conhecidas para reduzir as possibilidades de se ficar doente, a autora do estudo da Universidade de Vermont, Susan Lakoski, acredita ser benéfico dizer as pessoas o quanto elas precisam melhorar sua forma física para reduzir o risco de câncer a níveis aceitáveis. Isso viria sob a forma de planos personalizados de exercícios, que mediriam, por exemplo, sua capacidade cardiorrespiratória. Teste da esteira O estudo analisou 14 mil homens no Estado americano do Texas, com idades variando entre 46 e 50 anos. Os pesquisadores testaram o condicionamento físico dos voluntários fazendo-os correr numa esteira até a exaustão. Os voluntários, então, tiveram sua forma física testada a cada seis anos e meio entre 1971 e 2009. Entre 1999 e 2009, 1.310 homens tiveram câncer de próstata, 200 de pulmão e 181 desenvolveram o colorretal. Segundo os pesquisadores, homens com alto nível de atividade física na meia-idade reduziram seu risco de câncer de pulmão em 55% e o de colorretal em 44%, em comparação com homens mais sedentários – mais especificamente os que demoraram mais de 12 minutos para correr ou andar uma milha (1,6 km). Porém, o estudo descobriu que homens com boa condição física não mostraram redução de risco de desenvolvimento de câncer de próstata. Os autores do estudo acreditam que isso se deve em parte ao fato de homens de bom desempenho cardiorrespiratório em geral serem mais conscientes em relação a sua saúde e mais dispostos a se submeter a exames de câncer de próstata – o que aumenta as chances de diagnóstico. Seja como for, segundo Lakoski, “a mensagem é que a prevenção começa antes do que se imagina”. “Seus hábitos e sua forma física têm impacto no que vai acontecer 20 ou 30 anos mais tarde. E muita gente não pensa nisso”. A pesquisadora afirma no estudo que apenas estar em forma física acima da média já traz vantagens para a saúde. Um porta-voz da ONG britânica Cancer Research, Tom...

Leia Mais
Inca: alimentação pode evitar 4 milhões de casos de câncer
Mar30

Inca: alimentação pode evitar 4 milhões de casos de câncer

Apenas 10% dos casos da doença são hereditários, como de Angelina Jolie; 90% estão diretamente relacionados ao estilo de vida e ao contato com agentes causadores Angelina Jolie mais uma vez foi notícia no mundo, ao anunciar que retirou na última semana os ovários e as trompas de falópio, após serem detectados sinais precoces de câncer. A atriz de 39 anos já havia feito uma cirurgia preventiva de retirada das mamas em 2013, por conta de mutação no gene BRCA1. Os casos hereditários de câncer, como o da mulher de Brad Pitt, respondem apenas por 10% da incidência da doença. Os outros 90% são casos esporádicos, adquiridos durante a vida por causa do contato com agentes físicos (raios solares, por exemplo), químicos (cigarros e bebidas) e biológicos (vírus como o HPV)”, explicou o cirurgião oncologista Ademar Lopes, vice-presidente do A.C.Camargo Câncer Center. De acordo com o Inca ( Instituto Nacional do Câncer ), de 3 a 4 milhões de casos poderiam ser evitados no mundo apenas com mudança na alimentação. Isso significa que nossos hábitos de vida estão intimamente relacionados com o aparecimento da doença. Entre as dicas do Inca, por exemplo, está evitar churrascos com frequência, preferindo carnes assadas, cozidas e ensopadas. “A alimentação e a nutrição inadequadas são responsáveis por até 20% dos casos de câncer nos países em desenvolvimento, como o Brasil, e por aproximadamente 35% das mortes por essa doença”, afirmou Thainá Malhão, nutricionista da Unidade Técnica de Alimentação, Nutrição e Câncer do Inca. “Acredita-se que uma dieta adequada, com mais alimentos protetores (frutas, legumes, verduras, feijões e outros grãos, sementes e castanhas) e menos alimentos que aumentam o risco (frios à base de carne, produtos alimentícios industrializados prontos para consumir ou aquecer e bebidas açucaradas) possa prevenir de 3 a 4 milhões de casos novos da doença a cada ano no mundo. Ou seja, para cada 100 pessoas com câncer, 33 casos poderiam ser prevenidos”, complementa Thainá. Ademar Lopes afirma que os cânceres do intestino grosso estão relacionados a uma dieta pobre em fibras. “O prato ideal deve conter proteínas, açúcares e gorduras sem exageros, sempre com predomínio de fibras. O ideal é que seja bem colorido”, aconselha, ao lembrar que a expectativa de vida mais alta faz com que as pessoas fiquem expostas mais tempo aos agentes causadores de câncer, daí a importância de manter hábitos saudáveis. E também de fazer exames preventivos rotineiramente. “O diagnóstico precoce ajuda na cura de até 90% dos cânceres em estágio inicial”, afirma. Em relação a estudos que mostram que um alimento X ou Y tem capacidade para evitar a doença, deve-se ficar atento. “Nenhuma substância natural...

Leia Mais
Desfile de Encerramento da I Semana Municipal do Artesanato
Mar30

Desfile de Encerramento da I Semana Municipal do Artesanato

O C.A.P.C. em parceria com os Artesões de Caxias do Sul realizou o desfile de enceramento da I Semana Municipal do Artesanato no último domingo dia 29 de março no Centro Comercial Estação. Contamos com a presença de diversos modelos voluntários que desfilaram com peças de Ana Casara e Carolina Potrich. Artesões que exporam seus trabalhos durante a semana, voluntários e funcionários do C.A.P.C. Além de personalidades públicas como a Primeira Dama Sra. Alexandra Della Giustuna Baldisserotto e o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego Sr. Francisco de Assis Spiandorello. Atrações: Ingrid Zaballa, Léa Santos e Nicolle Santos Agradecemos a presença de todos! Confira algumas fotos:...

Leia Mais
Após mastectomia, Angelina Jolie retira ovários para prevenir câncer
Mar24

Após mastectomia, Angelina Jolie retira ovários para prevenir câncer

A atriz Angelina Jolie fez uma cirurgia para retirar os ovários e as trompas de Falópio como uma medida preventiva contra o câncer. A atriz escreveu um artigo no New York Times em que diz que decidiu fazer a cirurgia porque tem um gene que traz 50% de risco de desenvolver câncer de ovário. Há dois anos, Jolie – cuja mãe morreu de câncer – passou por uma mastectomia dupla. Não é fácil tomar essas decisões”, disse. “Mas é possível assumir o controle e enfrentar qualquer problema de saúde.” No artigo, intitulado “Angelina Jolie Pitt: Diary of a Surgery” (Angelina Jolie Pitt: Diário de uma Cirurgia), ela disse: “É uma cirurgia menos complexa que a mastectomia, mas as consequências são mais sérias. Ele coloca a mulher em uma menopausa forçada”, diz. Jolie, que também é cineasta e enviada especial da ONU, vai passar a tomar hormônios de reposição. Ela decidiu ter seus ovários e trompas de Falópio removidos após um check-up que revelou que ela não apresentava sinais de câncer de ovário mas que ainda corria o risco de desenvolver a doença – que também matou sua avó e tia. “Meus médicos disseram que eu deveria fazer uma cirurgia preventiva cerca de dez anos antes dos primeiros sinais de câncer nas minhas parentes mulheres”, escreveu. “O câncer de ovário da minha mãe foi diagnosticado quando ela tinha 49 anos. Eu tenho 39.” Jolie, que é casada com o ator Brad Pitt, tem seis filhos – três deles adotados. “Apesar dos hormônios que estou tomando, entrei na menopausa. Não poderei ter mais filhos, e devo sofrer algumas mudanças físicas. Mas me sinto tranquila com o que vier, não porque sou forte, mas porque é parte da vida. Não é algo que eu deva temer.” A ganhadora de Oscar acrescentou: “Não é possível remover todo o risco, mas o fato é que eu ainda sou propensa ao câncer. Vou procurar formas naturais de fortalecer meu sistema imunológico. Me sinto feminina, e firme nas escolhas que estou fazendo por mim e pela minha família.” “Sei que meus filhos nunca vão dizer: Minha mãe morreu de câncer de ovário”. Fonte: BBC...

Leia Mais
Equipe do CAPC participa do Workshop Acesso à Lei da Solidariedade
Mar23

Equipe do CAPC participa do Workshop Acesso à Lei da Solidariedade

Equipe do Centro de Auxílio às Pessoas com Câncer – C.A.P.C. participa do Workshop Acesso à Lei da Solidariedade, iniciativa da Rede Parceria Social em parceria com a ONG Parceiros Voluntários no auditório da Fitemasul, na CIC. Confira as fotos:...

Leia Mais
Palestra com a Deputada Federal Jô Moraes no Sindicato dos Metalúrgicos
Mar23

Palestra com a Deputada Federal Jô Moraes no Sindicato dos Metalúrgicos

Ocorreu na ultima sexta-feira (20/03) Palestra com a Deputada Federal Jô Moraes dentro da agenda do mês da mulher do Sindicato Metalúrgicos Caxias “A Inclusão da mulher na política não pode ser vista apenas como direito, mas como parte essencial da construção democrática” Veja algumas fotos:...

Leia Mais
Couve-flor inibe o crescimento de células cancerígenas
Mar20

Couve-flor inibe o crescimento de células cancerígenas

Ela também reduz as chances de ataques cardíacos e derrames cerebrais Você conhece todo o potencial da couve-flor? Ela abriga vários nutrientes e a lista é generosa: cálcio, aliado dos dentes e ossos, potássio, que controla a pressão arterial e previne o AVC, sódio, aliado do coração e dos músculos, fósforo, enxofre, magnésio, bom para quem tem diabetes, silício, cloro e ferro, que previne anemia. A vitamina C, boa para a imunidade, vitaminas do complexo B, aliadas do cérebro, e as fibras, que melhoram o trânsito intestinal e proporcionam saciedade, também estão presentes em boas quantidades na couve-flor. Sem dúvida a couve-flor reforça o nosso sistema imunológico e contribui bastante para uma vida mais saudável, prevenindo gripes resfriados. Elas possuem também sulforafanos, que contém enxofre. Eles são conhecidos por serem úteis como contra o câncer e inibem o crescimento das células cancerígenas de pulmão, mama e o câncer de bexiga. A ação anti-inflamatória da couve-flor mantém o vaso sanguíneo flexível e eficiente. O sulforafano ajuda também a reverter danos nos vasos sanguíneos. A alicina, também presente, reduz as chances de ataques cardíacos e derrames. O potássio presente no alimento também irá ajudar a regular a pressão arterial. Devido ao alto teor de fibras a couve-flor melhora a microbiota intestinal. Com a microbiota mais saudável o trânsito intestinal fica mais eficiente e até mesmo o sistema imunológico fica mais forte. Estas fibras também farão com que a pessoa sinta mais saciedade e então pode contribuir para a perda de peso. Entretanto, algumas pessoas tem a produção de gases aumentada após o consumo da couve-flor, podendo diminuir este efeito com o consumo de chá de camomila. Outro grande benefício de se consumir couve-flor é que é um alimento rico em antioxidantes. Portanto, ela é eficaz no combate aos radicais livres. Ao fazer isso, ela irá prevenir cânceres, diminuir os riscos de doenças cerebrais degenerativas e também do envelhecimento celular. A couve-flor pode ser consumida refogada, cozida, gratinada ou em forma de salada. Você também pode cozinha-la ao vapor, preservando nutrientes. O recomendável para se obter os benefícios nutritivos da couve-flor é consumir de um a dois buquês por dia. Evite combiná-la com alimentos mais calóricos, como um molho branco com creme de leite. Fonte: Minha...

Leia Mais
Página 20 de 83« Primeira...10...1819202122...304050...Última »