Telefone para contato:

(54) 98126-4699

Tratamento Radioterápico do Câncer Colorretal

O tratamento radioterápico utiliza radiações ionizantes para destruir ou inibir o crescimento das células anormais que formam um tumor. Existem vários tipos de radiação, porém as mais utilizadas são as eletromagnéticas (RaiosX ou Raios gama) e os elétrons (disponíveis em aceleradores lineares de alta energia).

Tipos de Radioterapia

Diferentes tipos de radioterapia podem ser utilizados para tratar tumores de cólon e reto:

  • Radioterapia com Feixes Externos

O tratamento radioterápico geralmente consiste em liberar uma determinada dose de radiação em um alvo, em certo período de tempo. É a técnica mais frequentemente usada para o tratamento do câncer colorretal.

  • Radioterapia Endocavitária

Este tipo de tratamento é utilizado para alguns tipos de câncer retal. Um pequeno dispositivo é inserido através do ânus e para liberar uma alta dose de radiação diretamente na lesão por alguns minutos. A vantagem desta abordagem é que a radiação atinge o reto sem passar através da pele e outros tecidos do abdome, o que significa que é menos susceptível a causar efeitos colaterais. A realização desta técnica evita, particularmente em pacientes idosos, uma grande cirurgia e uma colostomia.

  • Braquiterapia

A braquiterapia utiliza pequenas sementes com material radioativo que são colocadas diretamente sob o tumor. Esta técnica limita os efeitos colaterais sobre os tecidos saudáveis adjacentes. Às vezes é usada para tratar pessoas com câncer retal, que não podem ser submetidas a uma cirurgia por outros motivos de saúde.

A fonte de radiação é geralmente removida após um curto período de tempo.

  • Radioembolização com Ítrio-90

Alguns pacientes com metástase hepática, mas pouca ou nenhuma disseminação para outros órgãos, podem se beneficiar de radioembolização com ítrio-90 através da artéria hepática.

Estudos recentes detectaram que esta técnica pode retardar o crescimento das metástases hepáticas e aliviar alguns dos sintomas que elas causam.

Efeitos Colaterais

Os potenciais efeitos colaterais da radioterapia no tratamento do câncer de cólon e reto podem incluir:

  • Irritação da pele na área irradiada.
  • Náuseas.
  • Irritação retal.
  • Incontinência intestinal.
  • Irritação da bexiga.
  • Fadiga.
  • Impotência.
  • Irritação vaginal.

A maioria dos efeitos colaterais deve diminuir ao término do tratamento, mas problemas como irritação retal e da bexiga podem persistir por mais tempo.

<–Voltar

CAPC

Autor: CAPC

O CAPC visa principalmente a assistência humanitária e social às pessoas com câncer e seus familiares em situação de vulnerabilidade.

Compartilhe!